“Fantasmas” possibilitaram desfalque de mais de kz 50 mil milhões na Casa de Segurança

“Fantasmas” possibilitaram desfalque de mais de kz 50 mil milhões na Casa de Segurança

O antigo secretário-geral da Unidade Orçamental da Casa de Segurança do Presidente, Luís Simão Ernesto, afirmou, ontem, em Luanda, que aprovou as ordens de processamento de salários que, segundo a acusação, possibilitaram a sobrefacturação de mais de 50 mil milh . . .


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta