Caso Desvio de Fundo da Saúde: ré fala em 6 milhões de dólares

Caso Desvio de Fundo da Saúde: ré fala em 6 milhões de dólares

Pelo menos 6 milhões de dólares foram alocados para a publicidade, área na qual as empresas dos réus Sónia Neves, Mauro Gonçalves e Nilton Saraiva tinham de prestar serviços. Foi ouvida ontem, pela primeira vez, em tribunal, a ré primária do caso de desvio de fundos do MINSA para o combate à malária.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta