Começou a “guerra” à impunidade

Começou a “guerra” à impunidade

O Presidente da República orientou o novo inspector-geral do Estado e inspectoras-gerais adjuntas a implementarem medidas que permitam, rapidamente, acabar com a impunidade, que reconheceu existir em Angola

Por: Rila Berta 

João Lourenço, que discursava na cerimónia de posse de Sebastião . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta