Novo relatório incrimina França no genocídio rwandês de 1994

Novo relatório incrimina França no genocídio rwandês de 1994

Responsáveis franceses concederam asilo a suspeitos genocidas rwandeses e opuseram-se às tentativas de os fazer julgar em diversas zonas durante os 23 anos que seguiram o genocídio neste país, indica um relatório pedido pelo Governo rwandês.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta