Carta do leitor: Olhem para o lado bom do SIC

Prezado director, Não sei se o Estado fez bem quando retirou o SIC (antiga DNIC) da Polícia e entregou ao Ministério do Interior, o que sei é que não entendo mais o que está a acontecer com estes órgãos.

Parece até que há uma luta entre eles. Quando uma operação corre bem, todos falam da Polícia, porque a Polícia fez, prendeu, etc. mas todos se esquecem que houve aí um trabalho do SIC, a investigar. E o SIC não pode reclamar a sua vitória. Mas se as cisas correm bem, como temos visto, ouvido e lido nos jornais, rádios e televisões, aí já se fala do agente do SIC que cometeu um erro qualquer.

Acho que é um bocado injusto da parte dos jornalistas, e também das chefias. As pessoas só conseguem ver aquele agente que anda fardado, na maior parte dos casos, e julgam que só aquele fardado é que lhes protege. Estão enganadas, dia e noite há no nosso país milhares de agentes do SIC a trabalhar, correndo muitos riscos e às vezes sendo mesmo vítimas dos marginais.

Há agentes do SIC que morreram em função, operando em zonas perigosas, investigando grupos de altos marginais, assassinos, traficantes, tudo. Também acho que há outra injustiça quando os agentes do SIC investigam, entregam tudo pronto e as chefias do nosso país param o processo, principalmente se envolve gente da alta ou os seus filhos, alguns metidos com prostituição, drogas e até em roubos de dinheiro, viaturas, etc. Espero que agora, com o novo Presidente do país, se todos os dirigentes entenderem o que ele quer e não começarem a sabotar, muita gente vai ver melhor o trabalho do SIC.

Mas quando digo ver melhor, não é os agentes a trabalhar, a investigar, é os resultados do trabalho. O Presidente João Lourenço prometeu mais meios e mais homens, e também mais formação. Espero que assim seja, para a sociedade perceber que temos, sim, em conjunto com a Polícia nacional, capacidade de enfrentar e reduzir a criminalidade para que os cidadãos se sintam mais seguros. Por isso, apelo aos senhores jornalistas para que olhem também para o lado positivo do SIC, talvez não saibam, mas a segurança que ainda vamos tendo depende muito do trabalho sos homens do SIC. Bem-haja a todos os jornalistas angolanos.