loader

Raúl Castro deixa a presidência de Cuba em Abril de 2018

A Assembleia Nacional Cubana votou, Quinta- feira, a modificar o programa eleitoral geral, adiando a nomeação do sucessor do Presidente Raúl Castro para Abril de 2018, informou a media estatal. A eleição da Assembleia Geral do Conselho de Estado, encarregada de eleger o Presidente, inicialmente prevista para o final de Fevereiro, foi fixada para 19 de Abril.

Este adiamento de Fevereiro para Abril ocorre após o adiamento das eleições locais deste ano, a primeira etapa das eleições gerais 2017-2018, após a passagem, em Setembro, do furacão Irma, que devastou parte considerável da ilha.

Na sequência da proposta do Conselho de Estado, a Assembleia Nacional ampliou a legislatura actual por mais dois meses, na abertura de sua sessão semestral que começou na Quinta-feira. Tudo isso ocorre a portas fechadas. Nas eleições locais de Novembro e Dezembro deve acontecer, numa data que ainda não foi marcada, a eleição de cerca de 600 deputados à Assembleia Nacional, que por sua vez votará o Conselho de Estado, insituído para nomear o novo Presidente. Titular da Presidência desde 2008, após um período de dois anos, Raul Castro (86 anos) já anunciou que não concorreria a um novo mandato e deixaria o seu lugar à um líder da nova geração.

A sua partida vai acabar com seis décadas de poder dos irmãos Castro na maior ilha do Caribe, embora se espere que Raúl continue a liderar o poderoso Partido Comunista Cubano (PCC) até ao seu próximo congresso agendado para 2021, quando o Presidente terá 90 anos de idade. O seu primeiro vice-presidente e número dois no Governo, Miguel Diaz Canel (57 anos), é tido como um possível sucessor.

Últimas Notícias