Incêndio em Mumbai mata 14 pessoas

Ao menos 14 pessoas morreram na Quinta-feira à noite num grande incêndio que destruiu um restaurante de Mumbai, anunciou a polícia.

Onze vítimas eram jovens mulheres que participavam numa festa de aniversário no restaurante, localizado num prédio comercial do centro da cidade. Os médicos informaram que elas morreram asfixiadas quando tentavam fugir do edifício em chamas. Os bombeiros conseguiram apagar as chamas na manhã de Sexta-feira. O topo do prédio ficou totalmente destruído.

“Catorze pessoas morreram em consequência dos ferimentos e as demais vítimas receberam alta do hospital KEM. Muitas mortes foram provocadas por asfixia”, disse Avinash Supe, director do hospital King Edward Memorial de Mumbai. Um comandante da polícia havia anunciado um balanço preliminar de 15 mortos.

O incêndio começou às 00H30locais num prédio comercial do complexo Kamala Mills, no centro de Mumbai, que reúne restaurantes, lojas e hotéis. Vários meios de comunicação têm escritórios no edifício, pelo menos três canais de notícias nacionais foram afectados pelo incêndio.

De acordo com a imprensa local, o fogo começou num andar superior e se propagou para o restante do prédio em apenas meia hora. A polícia abriu uma investigação sobre a tragédia. Imagens da TV indiana mostraram várias ambulâncias e camiões de bombeiros nas proximidades do prédio em chamas. O presidente indiano, Ram Nath Kovind, e o primeiro-ministro Narendra Modi expressaram pêsames no Twitter. Os incêndios acidentais são frequentes na Índia por conta das normas de segurança frágeis e a ausência de controlos.