Agentes “despedidos” pela ENDE sentem-se injustiçados

Agentes “despedidos” pela ENDE sentem-se injustiçados

Estalou o verniz entre a ENDE e agentes que lhe prestam serviço a nível da cidade de Luanda. Segundo os últimos, os critérios de renovação de contratos estão eivados de vício e na contramão da nova conjuntura do . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta