Kabuscorp do Palanca garante três reforços da RDC

Depois de perder o avançado Jacques para o 1º de Agosto, a direcção do Kabuscorp do Palanca, anunciou na Quinta-feira que está em negociações avançadas com três jogadores do Congo Democrático, visando a temporada de 2018.

POR: Mário Silva

De acordo com a fonte do clube, os nomes dos atletas ainda estão fechados a “sete chaves”, mas assegura que são jogadores que estão ligados ao TP Mazembe, Motema Ya Pembe e Vita Clube de Kinshasa.

Segundo a fonte, as contratações visam colmatar a saída do avançado Jacques e dar maior consistência e qualidade ao ataque da equipa, tendo em vista a conquista do título do Girabola de 2018, objectivo traçado pelo presidente do clube. Tresor Mputu Mabi, Matampi e Bobó são jogadores congoleses-democráticos que jogaram na turma da Rua F do Palanca.

A equipa fundada há 23 anos, sagrouse campeã do Girabola, Campeonato Nacional, em 2013, com o técnico Eduard Antranik. A par do Kabuscorp do Palanca, 1º de Agosto, Interclube, Petro de Luanda, Progresso do Sambizanga, Domant FC do Bengo, Recreativo do Libolo do Cuanza Sul, Recreativo da Caála, JGM do Huambo, Sporting de Cabinda, Cuando Cubango FC, Bravos do Maquis do Moxico, Sagrada Esperança da Lunda Norte, Desportivo da Huíla, 1º de Maio de Benguela, Académica do Lobito são as equipas que vão participar no Campeonato Nacional.