Guiné Equatorial afirma ter abortado um golpe de Estado

Guiné Equatorial afirma ter abortado um golpe de Estado

A Guiné Equatorial afirmou nesta Quarta-feira que abortou um golpe de Estado durante o período de festas de fim de ano por parte de um grupo de mercenários, segundo um comunicado do ministro da Segurança Nacional, Nicolás Obama Nchama.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta