Preços ‘milionários’ levam três colégios de Luanda a tribunal

Preços ‘milionários’ levam três colégios de Luanda a tribunal

O pagamento de três prestações mensais no início de cada ano lectivo, a subida do valor das propinas sem o parecer do Ministério das Finanças e as sucessivas violações à Lei de Defesa do Consumidor constam na reclamação judicial. A AADIC espera que o . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta