Empreendedores no Huambo devem mais de Kz 900 milhões ao Estado

O Balcão Único do Empreendedor, na província do Huambo, deve recuperar cerca de novecentos e 86 milhões, 466 mil, 774 kwanzas e 21 cêntimos emprestados a mais de 1.600 empreendedores.

A informação foi avançada pela responsável local da instituição, Maria da Conceição Katuvala, em entrevista à Angop. Maria da Conceição Katuvala explicou que os créditos foram concedidos entre 2012 e 2013 e que a dívida tinha atingido um bilião, 86 milhões,556 mil, 24 kwanzas e 21 cêntimos, tendo sido reembolsados apenas 100 milhões, 89 mil e 250 kwanzas.

O reembolso destes valores, segundo a gestora, foi feito por apenas 140 cidadãos, dos mil e 680 que haviam solicitado, nos anos 2012 a 2013, para financiamento de suas iniciativas privadas. Aos devedores, Maria da Conceição Katuvala apelou a honrarem o compromisso, evitando que a situação seja resolvida no fórum judicial e com consequências gravosas para os incumpridores, lembrando que, aquando da celebração dos contratos de financiamento estes assinaram termos de responsabilidade. Na província do Huambo, funcionam 12 balcões que desde Novembro de 2014 criaram 510 pequenas empresas, cujo arranque da actividade está dependente do reembolso dos que beneficiaram nos anos anteriores.