Investidores negoceiam mais de Kz 7,5 mil milhões na BODIVA

A BODIVA registava, até à tarde de ontem, Quarta-feira, 10, cerca de 21 negócios, avaliados em mais de 7,5 mil milhões. O montante representa metade do valor máximo alcançado em Janeiro de 2017.

POR: Hélder Caculo

Os investidores nacionais e estrangeiros que actuam na Bolsa de Dívida e Valores de Angola (BODIVA) já efectuaram cerca de 21 negócios, avaliados em Kz 7.504.471.102.1,57. O montante representa metade do valor negociado em Janeiro de 2017 (Kz 15 mil milhões). O Banco de Negócios Internacional (BNI) lidera as transacções com Kz 4,8 mil milhões intermediados em 7 negócios, tendo ultrapassado o Standard Bank que liderava as transacções na primeira semana de 2018. Em segundo lugar está o Standard Bank com Kz 1,5 mil milhões, seguido pelo Millennium com Kz 897 mil e BFA com Kz 149 mil.

De acordo com o Relatório sobre o Mercado Secundário de Dívida Pública, no Ambiente Bilateral a bolsa registou cerca de Kz 2,7 mil milhões e no Multilateral Kz 4,7 mil milhões. A BODIVA registou de Janeiro até o mês de Dezembro de 2017 cerca de Kz 527 mil milhões, mais Kz 162 mil milhões comparativamente a 2016. Em 2017 o BFA liderou as transacções ao longo do ano, tendo fechado o ano comercial com 1.233 negócios efectuados avaliados em Kz 193 mil milhões.

O Standard Bank (STB) vem em segundo lugar com Kz 170 mil milhões em 196 negócios intermediados. Na terceira posição encontra-se o BAI, que ao longo do ano intermediou cerca de 311 negociações, tendo transacionado Kz 51 mil milhões. O BIC e Millennium Atlantico estão igualmente entre os intermediários financeiros mais activos na bolsa em 2017, com Kz 39 mil milhões e Kz 32 mil milhões negociados, respectivamente.