Xeque do Qatar afirma estar retido contra a sua vontade nos Emirados Árabes

A emissora Al Jazeera divulgou neste Domingo um vídeo em que um membro da família real do Qatar afirma estar retido contra a sua vontade nos Emirados Árabes, um dos países do Golfo que boicotam o Qatar há oito meses.

Abdallah ben Ali Al- Thani afirma, no vídeo, que está em Abu Dhabi, “onde era hóspede do xeque Mohamed” ben Zayed, mas que, “agora, estou retido contra a minha vontade”. “Tenho medo que me aconteça algo que possa ser atribuído ao Qatar”, acrescenta. “Quero dizer claramente que o povo do Qatar é inocente”, e que o “xeque Mohamed terá absoluta responsabilidade pelo que poderá me acontecer de agora em diante”, acrescentou. Al-Thani tinha tentado, em Agosto, fazer uma mediação entre Doha e Arábia Saudita, outro país do Golfo que boicota o Qatar, devido à peregrinação anual a Meca. Por ora, a autenticidade do vídeo divulgado pela Al-Jazeera não pode ser confirmada.

Os Emirados Árabes negaram que o xeque estivesse retido contra a sua vontade, reportou a agência Wam, assinalando que o mesmo é um “hóspede do país, após fugir das restrições a ele impostas pelo governo do Qatar”.

“O xeque Abdallah tem liberdade de movimento durante a sua estadia nos Emirados”, afirmou a Wam, citando uma autoridade não identificada do Ministério das Relações Exteriores. Segundo a Wam, o xeque expressou a sua vontade de deixar o país, e foram tomadas as medidas para facilitar a sua saída. Rashed al-Nuaimi, que dirige o centro árabe Hedaya contra o extremismo, publicou anteriormente no Twitter que o xeque Abdallah havia pedido para ficar nos Emirados “para a sua própria segurança”.

A chancelaria do Qatar indicou que acompanha de perto a situação. “Mas devido à falta de relações com os Emirados, é difícil estabelecer claramente as circunstâncias desta situação”, assinalou uma porta-voz. Em 5 de Junho passado, Arábia Saudita, Emirados Árabes, Barein e Egipto romperam relações diplomáticas com o Qatar, acusando o país de apoiar os grupos extremistas e se aproximar do Irã, grande rival dos sauditas. O xeque Abdallah pertence a um braço da família real do Qatar Al-Thani que foi afastado do poder pelo avô do atual emir, xeque Tamim.