Proliferação de seitas religiosas merece avaliação de causas sócio-psicológicas

Proliferação de seitas religiosas merece avaliação de causas sócio-psicológicas

“O fenómeno religioso não deve ser analisado apenas na óptica jurídica, mas também na psicológica, sociológica e antropológica, bem como na teológica, psiquiátrica, histórica, política e sócio-cultural”, diz académico

Por: Alberto Bambi

O psic . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta