loader

EMIS fecha 2017 com 270 milhões de transacções na rede Multicaixa

A adesão dos angolanos à rede Multicaixa prossegue a um ritmo impressionante, tendo sido registadas, em 2017, mais de 500 mil transacções por minuto, um acréscimo de 84 mil transacções face ao ano anterior

A Empresa Interbancária de Serviços, S.A. (EMIS) registou durante o ano económico de 2017 mais de 270 milhões de transacções comerciais na rede Multicaixa em todo o território nacional, revela o relatório anual da empresa a que OPAÍS teve acesso nesta Quinta-feira, em Luanda.

De acordo com o relatório da EMIS, respeitante ao último exercício, mais de 4 milhões de angolanos usaram o Multicaixa durante o mês de Dezembro do ano transacto, o que se traduziu num aumento das transacções na ordem dos 17% comparativamente ao ano anterior (2016).

O volume de movimentos registados durante o período em análise evidencia o aumento expressivo da relevância deste meio de pagamento para a maioria dos cidadãos detentores de conta bancária.

Segundo o mesmo documento, além de ajudar na redução do tempo da operação bancária, quatro milhões de indivíduos utilizam o serviço da rede Multicaixa como ponto de contacto com organismos públicos e privados para comunicar e passar mensagens de utilidade pública, bem como de índole comercial.

Em 2017, a utilização dos serviços Multicaixa alcançou números recordes, com mais de 500 mil transacções por minuto, mais de 84 mil comparativamente ao ano anterior. Durante todo ano foram realizadas 270 milhões de transacções, mais cerca de 43 mil milhões do que em 2016, evidenciando um crescimento que ronda os 19,4%, números que demonstram a relevância destes serviços no dia-a-dia dos agentes económicos.

Até Dezembro, a empresa gestora da rede Multicaixa tinha no seu sistema mais de 5,8 milhões de cartões Multicaixa válidos e 4,1 milhões de cartões activos. O surgimento da rede Multicaixa em Angola, a 18 de Abril de 2002, revolucionou o relacionamento entre a banca e os seus clientes, abrindo uma nova era na história da banca angolana, conforme evidenciam os dados da EMIS – Empresa Gestora da rede Multicaixa.

Segundo dados contidos no último relatório da Marktest Angola – empresa especializada em estudos de mercado para o sector financeiro, 86% dos clientes bancários utilizam o cartão Multicaixa, estando este directamente associado ao aumento da taxa de bancarização em Angola De acordo com o BNA a taxa de bancarização de Angola duplicou nos últimos dois anos situandose em 2016 nos 63%, quando em 2014 era de 30%.

Se considerarmos apenas os cidadãos com mais de 20 anos o nível de bancarização aumenta substancialmente, na ordem dos 72,4%, em parte devido à diversidade de serviços hoje disponibilizados nos ATM e TPA. Segurança, simplicidade, eficiência e rapidez nas transacções são apontadas como estando na base do aumento considerável do número de pagamentos através dos Multicaixa.

Últimas Notícias