Reino Unido quer cooperação mais estreita com a China em educação e cultura

A primeira ministra do Reino Unido, Theresa May, que está de visita à China, afirmou Quarta-feira que o seu país pretende uma maior cooperação com a China nos domínios da educação e cultura.

May fez tais declarações em Wuhan, capital da província de Hubei, no centro do país, onde chegou Quarta-feira, para começar sua viagem de três dias à China. Wuhan é a sua primeira escala. Jiang Chaoliang, secretário do Comité Provincial de Hubei do Partido Comunista da China, desejou boas-vindas a May e à delegação britânica na renomada Universidade de Wuhan.

A cooperação em educação entre Hubei e as organizações britânicas tornou-se proeminente nos intercâmbios culturais China- Reino Unido, indicou Jiang no seu discurso de boas-vindas. Ele também expressou a sua esperança de que a visita de May à Universidade de Wuhan abra um novo capítulo na cooperação cultural entre Hubei e o Reino Unido.

Por seu lado, May destacou que a China e o Reino Unido colaboram há muito tempo em educação, com resultados muito positivos. Ela espera que os jovens dos dois países se comuniquem e cooperem ainda mais para construir um futuro melhor. Actualmente, 17 universidades em Hubei têm 27 programas de cooperação com 12 centros universitários britânicos.