Ex-militares reforçam a segurança nas áreas sob conservação

Ex-militares reforçam a segurança nas áreas sob conservação

O instituto nacional da Biodiversidade e Áreas de conservação (InBAc), afecta ao Ministério do Ambiente, vai formar 700 cidadãos, entre os quais ex-militares, para atender as suas necessidades que vão desde o administrador, investigador, fiscais e o guarda

Por: Stella Cambamba


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta