Justiça britânica mantém ordem de prisão de Assange

Justiça britânica mantém ordem de prisão de Assange

Uma juíza britânica negou esta Terça-feira (6) a suspensão da ordem de prisão contra Julian Assange por ter violado os termos da sua liberdade condicional quando se refugiou na embaixada equatoriana há mais de cinco anos.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta