Falta de instituições bancárias periga a vida dos professores de Chipindo

Falta de instituições bancárias periga a vida dos professores de Chipindo

Professores de Chipindo, na Huíla, arriscam a vida fazendo a travessia do Rio Cunene em canoas a remo, por falta de instituições bancárias onde possam levantar o salário.

POR: João Katombela,


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta