Sanções contra Guiné-Bissau terminam com aplicação de Acordo de Conakry, diz CEDEAO

As sanções infligidas à Guiné Bissau terminarão tão logo que o Acordo de Conakry seja aplicado, segundo o presidente cessante da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), Marcel Alain de Souza. Segundo um comunicado da Presidência . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta