Petróleo Brent mantém-se em alta

O petróleo de referência para as exportações angolanas abriu, ontem, cotado a USD 64,60.

O barril do petróleo Brent para entrega em Abril, abriu a sessão de ontem em alta, de 0,23% no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, cotado a USD 64,60. Há pouco, o barril subia 0,51%, negociado a USD 64,66. Quinta-feira, 15, os preços do petróleo que serve de referência para as exportações angolanas, encerraram em alta, impulsionada pela queda do dólar no mercado financeiro. O preço do barril de petróleo do tipo WTI, encerrou com ganhos de 1,22%, cotado a USD 61,34 na Bolsa de Mercadorias de Nova York. Já o barril do tipo Brent, com vencimento em Abril, fechou com alta de 0,12%, negociado a USD 64,45 no ICE Exchange de Londres.

OPEP quer acordo longo com produtores de petróleo

A Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) quer alcançar um acordo mais longo com produtores não membros do cartel até ao final deste ano, afirmou o ministro da Energia dos Emirados Árabes Unidos, Suhail al-Mazrouei, à imprensa local, na manhã de ontem, Sexta-feira, 16. Mazrouei, que é actualmente presidente rotativo da OPEP, afirmou que o seu governo tem como meta estabelecer um rascunho de acordo, em entrevista publicada pelo “The National”. O objectivo, detalhou, é “este grupo ficar unido por um período mais longo”.

O líder da OPEP falou em estender a cooperação entre o cartel de 14 membros e produtores independentes, após um acordo com a Rússia e outras nações, para controlar a produção e elevar os preços. Foi o primeiro convite explícito de Riad para uma cooperação mais longa entre membros e não membros da OPEP. Ele foi feito quando o preço do barril ascendeu aos 70 dólares – após cair abaixo dos 30 dólares no início do ano passado. Os produtores celebraram o corte de 1,8 milhão de barris por dia como um grande impulso aos mercados petrolíferos.