Secretário-geral da FNLA acusado de corrupção e nepotismo

Secretário-geral da FNLA acusado de corrupção e nepotismo

Um grupo de 138 membros, dos 411 que compõem o Comité Central(CC) da FNLA, remeteu um abaixo, assinado esta Quarta-feira, 14, ao Tribunal Constitucional(TC), solicitando a demissão incondicional do seu secretário-geral, Pedro Mucumbi Dala.

Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta