É mesmo para não mudar

É mesmo para não mudar

Bem que o Presidente da República pode repetir vezes sem conta o seu discurso do melhorar o que está bem e corrigir o que está mal, nós estamos tão carinhosamente agarrados a certas coisas que não as queremos mudar.

Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta