1º de Agosto não começa Girabola Zap à campeão

Os militares empataram ontem sem golos com o Progresso do Sambizanga, em partida referente à primeira jornada do Campeonato Nacional, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda.

POR: Sebastião Félix

O 1º de Agosto não começou ontem o Girabola Zap à campeão, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda. No jogo em atraso referente à primeira jornada do Campeonato Nacional, o Progresso do Sambizanga impôs um empate sem golos aos militares. Para o clube central das Forças Armadas Angolanas, o resultado não foi satisfatório, aliás no ano passado venceram por 4-0. Desta vez, os sambilas apareceram com a lição estudada, sendo que fecharam melhor as linhas ofensivas do adversário. Pela forma como se bateram nesta partida, o campeão nacional teve algumas dificuldades para fazer o seu jogo.

Apesar de ser o segundo empate dos sambilas, estes acreditam que vão melhorar nas próximas jornadas. Na semana passada, a formação do Sambizanga empatou a uma bola com o Domant FC do Bengo em Caxito. Com este empate, os militares pensam no adversário seguinte, Académica do Lobito (Benguela), equipa que perdeu com o Recreativo do Libolo do Cuanza- Sul por uma bola a zero. O técnico adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça, admitiu que não é bom começar com um empate, mas elogiou a postura dos seus jogadores em campo.

“Não sentimos as ausências, jogamos com os atletas que estão disponíveis”, disse o adjunto de Zoran Maki. Para Hélder Teixeira, os seus rapazes bateram-se bem, aliás não é fácil passar pelo 1º de Agosto, o campeão nacional. O treinador do Progresso assegurou que trabalha com uma equipa jovem e que aos poucos irá dando conta do recado no Campeonato Nacional.

Petro “algema” interclube na tabela

O Petro de Luanda, ao vencer ontem o Bravos do Maquis na cidade do Luena, no Moxico, por 3-0, no arranque da quarta jornada do Girabola Zap, lidera provisoriamente a prova com sete pontos, os mesmos que o Interclube. Os golos dos tricolores foram apontados por Thiago Azulão, Tony e Dinei. A formação afecta a Polícia Nacional, nesta ronda, desloca-se ao Cuando Cubango, onde medirá forças com o FC local, portanto é obrigado a vencer fora de casa para chegar aos dez pontos.