Parlamento vai confirmar reforço de poder de Xi Jinping

Parlamento vai confirmar reforço de poder de Xi Jinping

Será votado o fim do limite de dois mandatos do presidente e vice-presidente. Têm sido censuradas críticas ao facto nas redes sociais. Crescimento económico deve ser de 6,5%. Começou ontem a sessão anual da Assembleia Nacional Popular (ANP), o Parlamento da China, que terá de votar o fim do limite de mandatos para o presidente e vice-presidente do país. Uma votação cujo desfecho é absolutamente previsível, atendendo à hegemonia do Partido Comunista da China (PCC) no plano político. Assim, Xi Jinping será o primeiro dirigente máximo, após Mao Tsé-tung, a permanecer no poder por mais de dois mandatos - regra estabelecida na década de 80, sob a égide de Deng Xiaoping.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta