Editorial: Tempos novos

Editorial: Tempos novos

Nunca os jornalistas angolanos viveram um momento como o actual, com um fluxo enorme de informações e com a necessidade cada vez maior de as trabalhar, verificar, confirmar e confrontar com o contraditório. Nunca em Angola se tinha aberto um guerra de palavras . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta