Aposta na biomedicina vai reduzir casos de malária

O primeiro curso de doutoramento em Ciências Biomédicas, que arrancou ontem, em Luanda, formará, num período de quatro anos, 25 biomédicos que vão contribuir, nos próximos anos, para a redução de casos de grandes endemias como a malária que é a principal causa de mortes em Angola.

 

 

 

 

Mais informações, amanhã no OPAÍS.