Importações de Angola registam queda de mais de 20% em 2017

Importações de Angola registam queda de mais de 20% em 2017

Alimentação e combustíveis são alguns sectores que registaram queda no final de 2017, refere um relatório do Banco Nacional de Angola. Apesar da redução, Portugal e China são os principais fornecedores de bens e serviços para Angola.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta