Casas de Câmbio propõem ao BNA cobrar água e luz

As Casas de Câmbio de Angola encontram-se numa situação “desoladora” e à beira da falência, colocando em risco eminente 1000 postos de trabalho. “A persistir a situação, a nossa actividade tenderá a encerrar”, adverte a associação

Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta