Kremlin considera imperdoável dizer que Putin ordenou envenenar ex-espião

Kremlin considera imperdoável dizer que Putin ordenou envenenar ex-espião

O Kremlin considerou esta Sexta-feira imperdoável apontar o presidente Vladimir Putin como responsável pelo envenenamento de um ex-espião russo em solo inglês, como o fez o chanceler britânico Boris Johnson.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta