Editorial: Confiança

Editorial: Confiança

Se a situação que vivemos exige rigor na gestão, acerto e celeridade nas reformas, redobrada atenção na utilização e aplicação dos dinheiros públicos, não justifica dramatismos alarmistas então recomenda evitáveis polarizações. A recuperação, ainda . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta