Taxa de câmbio de equilíbrio ainda está longe

Taxa de câmbio de equilíbrio ainda está longe

Alves da Rocha considera que a depreciação da moeda nacional deverá prosseguir até se atingir a taxa de câmbio de equilíbrio e que o apagamento do mercado informal se faz pelo ‘controlo das suas fontes de alimentação’

Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta