Jornalista ameaçado de morte por denunciar poluição sonora

Jornalista ameaçado de morte por denunciar poluição sonora

Apesar de não avançar mais dados sobre o processo, o comandante da Polícia Nacional no Lubango, Paulo Jorge, garante que o seu efectivo está a trabalhar afincadamente para repor a tranquilidade na zona, a fim de que a vida do jornalista e da sua família volte à normalidade.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta