Presidente do Equador dá 12 horas a sequestradores dos jornalistas

Presidente do Equador dá 12 horas a sequestradores dos jornalistas

 O Presidente do Equador, Lenín Moreno, deu  12 horas aos sequestradores do grupo de jornalistas, raptados no dia 26 de Março, para fornecerem “provas de vida”, alertando que prepara uma “intervenção sem contemplações”.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta