UNESCO condena ataques a jornalistas mortos no Afeganistão e pede justiça

UNESCO condena ataques a jornalistas mortos no Afeganistão e pede justiça

A diretora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, condenou hoje os ataques no Afeganistão que causaram a morte a pelo menos dez jornalistas, pedindo que os responsáveis sejam julgados.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta