Serviços prisionais acusados de recusarem livros para reclusos

Serviços prisionais acusados de recusarem livros para reclusos

Um grupo de activistas, que desenvolveu o projecto “Empréstimo da Confiança” foi impossibilitado de levar livros (a título de empréstimo) para os reclusos das cadeias de Luanda. Os Serviços Penitenciários responderam dizendo que estão abertos a esta parceria, desde que a organiza . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta