Estudo angolano sobre transmissão vertical da malária implementado no Brasil

Estudo angolano sobre transmissão vertical da malária implementado no Brasil

Ignorado pelas entidades competentes em Angola, o trabalho feito por uma especialista angolana em neonatologia e pediatria, em 2009, tem as suas recomendações implementadas com sucesso em Pernambuco, no Brasil. O trabalho mostra que existe malária congénita (transmitida da gestante para o feto), em Angola, e . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta