Posada Carriles, o ex-agente da CIA que queria matar Fidel Castro

Posada Carriles, o ex-agente da CIA que queria matar Fidel Castro

O ex-espião cubano da CIA Luis Posada Carriles, que faleceu esta Quarta-feira (23) nos Estados Unidos, aos 90 anos, era acusado por Cuba e Venezuela por atentados terroristas e considerado por Havana como o homem que durante anos arquitetou planos para matar Fidel Castro.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta