Carta do leitor: A Incrível ENDE

Carta do leitor: A Incrível ENDE

Caro director, meus senhores, escrevo para este jornal porque, pelos vistos, falando directamente com a ENDE é o mesmo que dar murros no morro do Moco e esperar que ele se desloque. Moro nas casas da Juventude de Camama, perto do condomínio BPC e do . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta