UNITA refere que gradualismo geográfico “golpeia” a democracia

UNITA refere que gradualismo geográfico “golpeia” a democracia

O secretário provincial da UNITA em Benguela, Alberto Ngãlanela, considerou que o gradualismo geográfico fere o Estado Democrático e de Direito

POR: Constantino Eduardo,
em Benguela

Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta