Funcionários públicos no enclave angolano de Cabinda iniciam greve de três dias

Funcionários públicos no enclave angolano de Cabinda iniciam greve de três dias

Mais de 200 funcionários públicos recebem salários estão suspensos no Bié.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta