Ex-moradores do Treme-Treme clamam por serviços sociais nas novas centralidades

Ex-moradores do Treme-Treme clamam por serviços sociais nas novas centralidades

A centralidade do KM 44, que alberga o grosso das famílias, com cerca de 150 agregados, é a que mais dificuldades apresenta, sendo a distância e a ausência de escolas e de hospitais os principais factores de descontentamentos

Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta