Amnistia Internacional desafia candidatos às eleições no Zimbabué a promover direitos humanos

Amnistia Internacional desafia candidatos às eleições no Zimbabué a promover direitos humanos

A Amnistia Internacional defendeu hoje que os candidatos e partidos políticos no Zimbabué devem romper com o regime de Robert Mugabe e colocar nos seus programas para as eleições de 30 de Julho o respeito e protecção dos direitos humanos.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta