Aceleração do parto terá levado à morte de gestante e do seu filho

Aceleração do parto terá levado à morte de gestante e do seu filho

A gestante Joana Jorge foi notificada pela médica a estar presente na maternidade de Luanda, no dia 7 de Julho, com a pasta do bebé, sem que tivesse contrações. No hospital, foi-lhe supostamente administrado um comprimido para acelerar o nascimento do bebé, que acabou por causar . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta