Ex-PM paquistanês detido impedido de receber médico pessoal

O partido do ex-primeiro-ministro paquistanês Nawaz Sharif, preso desde 13 de julho e que sofre de hipertensão, acusou hoje as autoridades paquistanesas de o impedirem de receber a visita do seu médico pessoal.

“O primeiro-ministro interino, Nasir ul Mulk, e o responsável interino . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta