Especialistas defendem definição de políticas para apostar no turismo cultural em Mbanza Kongo

Especialistas defendem definição de políticas para apostar no turismo cultural em Mbanza Kongo

Com ascensão de Mbanza Kongo a património da humanidade, pela UNESCO, ao Governo de Angola caberá, agora, a definição de políticas para a exploração do seu património histórico-cultural e promover, com efeito, o turismo cultural.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta