Editorial: Nada a ver

Editorial: Nada a ver

A forma quase silenciosa, envergonhada, ou até mesmo de descaso com que se trata a questão do tráfico de seres humanos em Angola é assustadora. Tirando os discursos oficiais e a data consagrada ao tema, quase não se volta a falar sobre o . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta