Cidadã suspeita de ter morto a filha

Cidadã suspeita de ter morto a filha

Uma cidadã de 33 anos de idade foi detida preventivamente pelas autoridades policiais na província do Huambo por existirem fortes indícios de que terá morto o seu próprio filho recém-nascido, no Sábado.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta