Morreu o ícone

Morreu o ícone

Competia consigo mesmo e superava-se a si mesmo. É assim que se pode descrever a pujança física e psicológica de um mito, de uma lenda, de um guardião dos valores da prática desportiva continuada, saúde alimentar, disciplina social e sexual, descrito por especialistas . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta